quarta-feira, 31 de maio de 2017

Borra de Café e filtro de papel - Dicas de como utilizar na jardinagem

Lá em casa consumimos uma quantidade razoável de café e todo aquele pó ou borra de café usado, inclusive o filtro de papel, ia pro lixo até que resolvi buscar alternativas de como utilizar isso nas minhas plantas.

Segue abaixo uma lista de sugestões de como utilizar:

1 - Filtro de papel e borra de café como material seco de composteira caseira

Como descrito no post (como fazer uma composteira ou minhocario em apartamento) o filtro de papel usado e seco, pode ser usado como material tanto no fundo da composteira, para isolar a terra e matéria orgânica da camada de drenagem, assim como material seco na cobertura da composteira, para absorver o excesso de umidade.



Lembre-se que o papel deve estar seco. Para isso, coloque no sol, junto de suas plantas, mesmo com o pó dentro, no Sol e em 1 ou 2 dias estará bem seco, assim como a borra de café.

2 - Borra de café para afastar formigas

Sabe aquelas formigas que insistem em aparecer de tempos em tempos? Em casa acabamos usando dedetização ou qualquer outra solução química, já nas plantas é bem complicado fazer isso, mas saiba que elas odeiam pó de café ou borra de café.

Para quem tem plantas maiores, tipo frutíferas que elas adoram subir pelo caule, basta aplicar um pouco ao redor da base do caule e pronto, vão ficar bem longe.

Pra quem tem jardineira como eu, sugiro espalhar ao redor da jardineira, nunca em cima das plantas.

Aos poucos a borra vai se misturando à terra e acaba virando um adubo muito bom também, mas suguro apenas fazer isso em plantas que estejam sendo atacadas por formigas pois o café vai mudar o pH da terra e pode fazer com que suas plantas não gostem muito.

3 - Adubo Orgânico

Diversas receitas na internet desde colocar o pó direto na terra ou colocar de molho numa garrafa de água e usar o líquido para regar as plantas, são diversas opções mas o fato é que o pó de café ainda possui muitas substâncias que viram adubo para as plantas.

Para ser usada direto nas plantas eu recomendo juntar ao café um pouco de casca de ovo troturada para equilibrar e complementar. Casca de ovo é outra coisa que todos jogamos fora em casa mas que vira um excelente adubo no jardim. Para fazer é simples, depois de usar o ovo, lave a casca, deixe secar e depois triture usando as maos mesmo ou se tiver muitos ovos, um liquidificador velho, aquele que o motor ainda funciona mas as lâminas estão ruins... são ótimos para triturar a casca de ovo e as lâminas ainda ficam afiadas.

Em breve farei um vídeo mostrando as 3 aplicações no meu jardim de casa que está passando por algumas reformas, junto com toda a minha varanda.


segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Coentro do mato ou Coentro-bravo - É Coentro mas não parece

Um dia conversando com colegas de trabalho um deles me disse que ia me dar uma muda de Coentro, mas não desses que compramos no mercado mas sim um que dava pra usar em peixe, carne, frango, etc. Fiquei curioso e ele me trouxe essa planta com folhas espinhentas que nada se parecia com Coentro mas que tinha um aroma fortíssimo e bem parecido com o Coentro.


Esse é o Coentro do Mato (Eryngium foetidum L.) ou coentrão, coentro-bravo, chicória-da-Amazônia ou chicória-do-Pará, uma herbácea de fácil cultivo, que se adapta bem a vasos, jardineiras e canteiros e por isso gostou muito da sua nova casa, crescendo e dando pendões com muitas flores, diversas vezes.

Em casa uso para temperar todo tipo de carne, frango ou peixe. Uma folha, picotada como tempero já vai seixar sua cozinha com aquele cheiro cítrico inconfundível e um sabor diferente. Use tanto antes de cozinhar, descansando com seu peixe ou dentro da panela durante o cozimento, de ambas as formas o tempero será um diferencial além do aroma.

Suas propriedades medicinais são surpreendentes e acho que um atrativo para quem quer ter uma mudinha em casa. Rico em cálcio, ferro, caroteno, riboflavina. Excelente fonte de vitamina A, B 1, B 2, e C. Seu valor medicinal inclui sua utilização como um bom chá para combater vômitos, diarréia, gripes, resfriados e convulsões em crianças, além da diabetes, constipação e febre da malária. Usada até mesmo para impotência sexual. É também emenagoga, regula a menstruação – e isso faz dela uma planta abortiva, usada contra cólica e retenção de líquido. Como anti-séptico serve para lavar feridas. E também pode ser usado como repelente de insetos nas beiradas do jardim.

Com relação aos cuidados da planta, minha experiência é que ela precisa de água quase diariamente em dias muito quentes de verão. Já no inverno fica bem por 2 ou 3 dias sem rega. Um bom indicativo é se as folhas não estiverem "de pé" mas sim caídas, sinal sque já passou da hora de regar. Se desenvolveu muito bem em local de muito Sol da manhã e início da tarde incluindo Sol do meio dia.

Pode ser plantada junto a outras ervas sem problema algum. No meu canteiro tenho Cebolinha, Salsa e Orégano, sem maiores problemas todos se desenvolvendo bem.

terça-feira, 17 de maio de 2016

Diferentes opções de plantar alface em locais pequenos

Com o sucesso que meu post sobre plantar alface na varanda do apartamento fez, decidi buscar em blogs que eu sigo e com amigos que também fazem o mesmo tipo de plantação alguns outros exemplos de locais, vasos, recipientes onde dá pra plantar alface e fiquei surpreso com o que recebi de todos eles.

Tem aquele galão de água em casa? Que tal usar para plantar?
Mais formas de usar garrafa PET
Até um pote de margarina ou similar vira vaso.
PET's encaixada em PET para maximizar o espaço.
Latas ou potes de plástico também viram belos vasos.
QUalquer pote de plástico pode ser usado, sem medo.

Aquele vaso suspenso? Que tal colocar um alface nele?
Caixas antigas? Também viram uma bela plantação.
Para suas mudas, que tal usar um pote plastico pequeno esquecido ou que iria para o lixo?



Se tem em casa algum exemplo diferente de plantação de alface, compartilhe que eu posto aqui para todos verem como é fácil plantar alface em casa, sem precisar de muito espaço, sem usar agrotóxicos, uma alimentação super saudável além de um hobby relaxante ao ver suas plantas crescendo.

Contribuições recebidas:

Hortinha de Rúcula da +Wiviane Dantas de Fortaleza


quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Tomate Preto existe?

Comprei essas sementes de tomates que na teoria seriam pretos e logo plantei pq estava curioso pra saber como seriam. Eles são do tipo tomate-cereja, ótimo pois estou plantando em vasos na varanda de casa. Nesse post vamos fazer o acompanhamento do crescimento desse tomateiro e ver se os frutos são mesmo pretos ou não.

A germinação e primeiro transplante podem ser vistos nesse post, onde mostro as novas sementes germinando na varanda.

Aos 45 dias pós germinada, estava já num vaso mas ainda pequeno, apenas para que ela crescesse mais um pouco mas não enlouquecidamente como foi com o último tomate cereja plantado direto na jardineira.

Tomate-cereja recém transplantado para um vasinho com 45 dias.
Algumas semanas depois, já com as primeiras flores.

Por não saber qo certo qual o tamanho que esse tomateiro poderia chegar, resolvi manter no vaso pequeno mesmo sabendo que ela não se desenvolveria tanto, mas pelo menos deu a primeira florada de onde eu poderia ver o tal tomate preto, que ainda não sabia se era tipo cereja (pequeno) ou tomate normal, bem maior.

Apenas 1 tomate se formou a partir das flores.

Outro tomata apareceu depois de adubar um pouco a terra.
 Esperei por vários dias depois do tomate estar vermelho, bonito, pedindo pra ser colhido, mas nada de ficar preto. Pode ser falta de adubo (já que ao adubar outro tomate se desenvolveu ao lado), pode ser outro fator ou apenas que a semente não é de tomates pretos.

Novas flores apareceram no tomateiro
Depois de esperar mais alguns dias e semanas, decidi colher os tomates pois nenhum dos 2 ficou preto, apenas vermelhos mesmo. Continuo em busca do tomate preto, mas como já estava montando esse post ao longo das semanas de evolução dessa plantinha resolvi postar. Assim continuo em busca desse tomate.

Se alguém tiver alguma dica de onde posso conseguí-lo, aceito sugestões.

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Orégano, um poderoso aliado contra o envelhecimento

Sempre gostei de colocar orégano em tudo que eu cozinho pois tenho um pé que não para de crescer na minha varanda e quando eu vi a reportagem do Globo Repórter sobre as qualidades do orégano, fiquei bem feliz. Além de dar um belo sabor e aroma para as minhas receitas ainda ajuda contra o envelhecimento. O link para a reportagem no site do G1 está no final desse post.

Nesse blog já dei as dicas de como gerar mudas de Orégano e como plantá-lo em qualquer lugar, até mesmo em garrafas PET caso queira um jardim vertical na sua casa ou não tenha muito espaço.

Orégano em garrafa PET
Como disse a reportagem, ele é muito mais poderoso que o seu intenso sabor! É capaz de fazer uma faxina em nosso organismo. Fiquei surpreso que os cientistas descobriram que o orégano não tem apenas dois, mas 200 compostos antioxidantes que fazem bem a saúde. Descobriram que ele é um poderoso aliado no combate ao envelhecimento. Algo que sempre fiz e eles confirmaram estar certo é colocar o orégano depois que a pizza saiu do forno é o que faz bem, e não antes, como geralmente a gente faz.

Orégano na varanda
 Sempre o mais natural possível é o melhor. Por isso coloco as folhas frescas (não secas) nas minhas receitas, próximo ao final do cozimento. Assim não perco tantas compostos importantes e saudáveis.

Orégano fresco, recém coletado.
A reportagem ainda conta que entre os mais de 200 compostos rastreados em cada folhinha de orégano, os mais importantes são os polifenóis e flavónoides – antioxidantes. São eles que retiram os radicais livres que ganhamos por causa de comidas pouco saudáveis e estresse, por exemplo. São os radicais livres que danificam e até matam células, os responsáveis pelas doenças. Além de cheiroso o orégano ainda tem todo esse poder, impresisonante!

Segue o link para a reportagem do Globo Repórter: http://g1.globo.com/globo-reporter/noticia/2015/09/oregano-e-poderoso-aliado-contra-o-envelhecimento-diz-estudo.html



segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Aumentando a variedade de mudas - Coentro, tomates e flores

Como sempre estou ganhando sementes, comprando em promoções na internet por centavos ou simplesmente testando as antigas que não brotaram por qualquer razão no passado, estou com uma nova leva de sementes plantadas. Frutas, flores, verduras e tempero, vamos ver o que brota dessa vez.

2 compartimentos por tipo de semente - Coentro, Morango, Tomate, Limão e Flor (desconhecida)
A terra utilizada foi a que eu veio adubando na minha compostagem que vem sempre recebendo novos restos de legumes, casca de ovo triturada e vez em quando algum humus de minhoca.

Já com alguns dias, algumas começaram a brotar, e contrariando a lógiva de que o Tomate seria o primeiro a brotar as sementes de flores, que ainda não sei quais são pois ganhei de presente e não busquei na internet pelo nome pois quero que seja surpresa, brotou na frente, com 10 dias.

Flores botando com 10 dias.
Passados mais alguns dias, tomando sempre cuidado de regar todos os dias quase que a conta-gotas para não machucar as mudinhas, 24 dias depois já tínhamos o Tomate, as flores com mais folhas e o Coentro já brotando.

Coentro, Tomate e Flores com 24 dias.
Como coloquei num local com bastante Sol da manhã, as mudinhas foram crescendo bem, mas demandando sempre água pois a terra ficava bem seca, especialmente a medida q elas cresciam. Um erro que cometi foi não ter transplantado antes as mudas pois elas pararam de crescer por falta de espaço por umas 2 semanas.

Coentro, Tomate e Flores com 45 dias.
Flores com folhas grandes e raízes saindo pelo fundo da sementeira
Finalmente consegui um tempinho para transplantar o Tomate e as Flores, deixando na sementeira apenas o Coentro que ainda estava se desenvolvendo bem. Agora vou acompanhar individualmente ambos os desenvolvimentos e tentar fazer com o Limão o que li em alguns blogs para estimular que brotem as sementes.

Tomate no seu vasinho individual

Transplantei alguns dias depois o Coentro que mesmo dizendo não suportar transplantes, se comportou bem. Um dica que li e tentei seguir foi de colocá-lo em terra não muito fértil, ou seja, coloquei numa jardineira minha que estava com uma terra antiga, seca, sem nada plantado, mas na primeira rega coloquei adubo líquido para ter algum nutriente. Apenas atenção para o torrão de raízes que não pode ser desmanchado nem machucado.

Coentro na sementeira
Muda com o torrão de sementes ao retirar da sementeira
Coentro transplantado para a jardineira
Num próximo post vamos acompanhar o crescimento do meu Tomate-Cereja que diz ter um fruto preto, e as miteriosas flores que não sei nem qual o tamanho e cor serão. Além de fazer uma nova tentativa com o Limão e o Morango.


quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Plantando orégano em garrafa PET na varanda.

Após explorar diversas possibilidades de como gerar mudas a partir da planta de Orégano, descrito nesse post aqui (como fazer mudas de orégano e manjericão ) agora é hora de transplantar para um local definitivo ou pelo menos onde a planta vai crescer um pouco mais.

Pegando um pouco da idéia desse outro post, sobre plantando alface em garrafa PET e até mesmo reutilizando as garrafas PET dos alfaces colhidos, esse post vem para mostrar como fazer o mesmo tipo de plantação com as mudas geradas de Orégano e como fica bonito, mesmo ainda pequeno, o arranjo na garrafa PET.

PET com algumas mudas já plantadas
Assim como utilizei a garrafa PET cortada, pode utilizar qualquer coisa, até um vasinho, um pote de requeijão, etc. O importante é transferir as mudas com raízes para esse novo recipiente, com uma terra boa e bem adubada.

Muda criada a partir de um galho na terra



Uma vez transferidas todas as mudas, sugiro utilizar os espaços entre elas para tentar criar novas mudas, como fez as originais, enterrando os pequenos galhos na terra. Além de deixar o recipiente mais bonito com cara de mais cheio, algumas irão enraizar.

Note que dessas tentativas de mudas, algumas não irão enraizar, especialmente porque as outras com raízes puxarão mais água pra elas, dificultando o processo de enraizamento. Caso elas comecem a secar, somente retire as que não pegaram, sem problema algum.


Pronto, agora você tem um belo arranjo, numa garrafa PET, que se tornará um belo cacho de orégano, ocupando menos espaço do que se estivesse numa jardineira , além de ficar muito bonito.


Depois de algumas semanas, olha como já tinha crescido. Algumas das tentativas de enraizamento na garrafa junto com as outras mudas, não deu certo e os filetes que estavam enterrados murcharam e depois secaram, normal, não fique triste, porém outros vingaram e estão já crescendo junto.

Essa foi dada de presente e como a minha planta-mãe não para de crescer, estou tirando novas mudas e fazendo novos arranjos que em breve posto aqui. Mas fica a dica de um presente original pra aquele amigo seu que gosta de plantas ou gosta de cozinhar. Além de muito cheiroso, o orégano é um ótimo tempero mesmo fresco.

Outros exemplos de plnatas em garrsfas PET, seja de refrigerante ou outras, como as de sabão líquido ou detergente.